Alter do Chão, o Caribe da Amazônia

Existe um lugar no Brasil conhecido como Caribe brasileiro, mas que não está no nordeste ou nem mesmo próximo do mar. Na imensidão da Floresta Amazônica, no interior do Pará, Alter do Chão é chamado de Caribe da Amazônia! O vilarejo foi reconhecido entre os 10 Melhores Destinos do Mundo para conhecer em 2019, segundo pesquisa realizada pela Folha de São Paulo. Aos pés do Rio Tapajós, a 38 quilômetros de Santarém, a vila, com pouco mais de 6.000 habitantes, já foi classificada como a praia de água doce mais bonita do mundo pelo jornal inglês The Guardian.

Paraíso de água doce

Principal ponto turístico de Santarém, o que uma pequena vila do Pará pode oferecer para despertar o interesse de viajantes? Mesmo ainda ignorada pelos turistas das regiões sul e sudeste do Brasil, Alter do Chão vem despertando, cada vez mais, o interesse de turistas do mundo inteiro. O motivo? Esse pedacinho da Floresta Amazônica abriga belezas únicas! No período de vazante do Rio Tapajós (entre agosto e fevereiro) a paisagem se transforma e dá lugar a diversas ilhas, com extensas faixas de areia branca junto às águas esverdeadas do rio.

Com todo o esplendor tropical da Floresta Amazônica, o cenário paradisíaco inclui igarapés de águas cristalina e dezenas de trilhas que levam a mirantes incríveis. As árvores milenares da Amazônia marcam o caminho há muito conhecido pelos moradores da região, passando por lagos cobertos por densa vegetação e comunidades ribeirinhas.

Praias em Alter do Chão

Ilha do Amor: praia central e cartão-postal do destino, a Ilha do Amor é formada por um banco de areia e, atualmente, está visível praticamente o ano inteiro. Em frente ao centro da vila, a praia conta com diversos quiosques servindo pratos típicos da região, petiscos e drinks. São cerca de 10 quilômetros de faixa de areia, podendo ser acessada, na maré baixa, via caminhada.

Praia de Pindobal: acessada via barco ou via carro por estrada de terra, a Praia de Pindobal é parecida com a Ilha do Amor, com a diferença de ser um lugar mais tranquilo e com águas mais escuras. Localizada no município de Belterra, próximo a Alter do Chão, da praia é possível ter noção da imensidão do Tapajós, uma vez que não é possível enxergar a outra margem do rio.  A praia também conta com variados bares e quiosques.

Pontas do Caruru e Maretá: a regra é tranquilidade absoluta. Sem quiosques ou bares próximos, as Pontas de Caruru e Maretá são exatamente o que o nome sugere: pontas de areia. A Ponta Caruru é um local perfeito para observação dos botos que ficam nadando nas águas próximas à margem. Ambas são muito prestigiadas na hora do pôr do sol, um espetáculo a parte que só o Rio Tapajós pode proporcionar.

Lago Verde: próximo à Ilha do Amor, o Lago Verde é separado do Tapajós por um imenso banco de areia. Local ideal para mergulhar nos igarapés e caminhar junto aos animais da região, lá você verá muitas cutias e macacos andando livremente.

Passeios em Alter do Chão

Serra da Piraoca: uma trilha com duração cerca de 1h que leva o visitante ao ponto mais alto de Alter do Chão. A vista panorâmica é inesquecível!

Floresta Encantada do Caranazal: um passeio de canoa pelo labirinto dos igarapés que desaguam no Lago Verde. A vegetação selvagem do local, ora submersa ora exposta, forma uma mata de igaipó (vegetação característica da Amazônia) que fica inundada, pelo mesmo, 6 meses ao ano.

Floresta Nacional do Tapajós: nesse passeio, os barcos sem de Alter do Chão e descem o Rio Tapajós. Passando por praias e comunidades ribeirinhas durante os dias de viagem – há disponibilidade de roteiros de 1 a 5 dias.

Conheça o paraíso da Amazônia com a Ativa Turismo! Montamos um roteiro especial para você conhecer Alter do Chão e se encantar com as belezas do Caribe da Amazônia.

Contate um de nossos consultores e programe sua viagem!