Mapa da Islândia: roteiro para desbravadores natos

Conheça os pontos mais fascinantes no mapa da Islândia e se aventure nesta terra que guarda mistérios e muita beleza!

Pensar em um roteiro por um país extraordinário e mágico como a Islândia, onde a vida na superfície oscila entre o gelo e o fogo, não parece fácil. Dentro de um território como esse, você encontra gêiseres que explodem em jatos de 25 metros de altura; uma caverna de gelo nas profundezas, a maior já construída pelo homem; montanhas geladas e paisagens magníficas. Na terra em que o sol brilha até à meia-noite, existe também uma lagoa azul com lama que faz todo mundo parecer mais jovem, praias aquecidas artificialmente e lugares que contam o mistério dos duendes. Afinal, aos islandeses, eles existem e são seres invisíveis. Por isso, te convido a embarcar em um roteiro incrível e surpreendente pelo mapa da Islândia.

Comece pela rota do Golden Circle ou “Círculo Dourado”

O Golden Circle é a rota mais visitada da Islândia, onde o viajante conhece grandes atrações do país. Em apenas um dia, é possível completar a rota inteira, com direito a paisagens belíssimas que renderão fotos incríveis. Localizada no sul da Islândia, como o nome já diz, a rota circular começa e termina na capital, Reykjavík.

mapa da islândia

Thingvellir: o único lugar do planeta onde é possível ver o encontro de duas placas tectônicas

Primeira parada: Parque Nacional Thingvellir

Em poucos lugares do mundo o turista consegue mensurar a força do planeta Terra. Neste parque nacional, é possível ver de perto o encontro entre duas gigantescas placas tectônicas formadas nas profundezas do oceano Atlântico. De um lado, a placa forma o continente americano; do outro, o continente europeu. Elas são afastadas por apenas 8 km, formando um grande vale.

Quando a neve no topo das montanhas próximas de lá derrete, ela escorre transformando-se em cachoeiras e rios de água pura e cristalinas. O viajante pode ainda optar por mergulhar no local e viver uma experiência ainda mais inesquecível!

mapa da islândia

Águas jogadas a mais de 25 metros: assim é Strokkur

Segunda parada: Parque geotermal Haukadalur

Uma área de atividade geotermal, onde o chão está em mudança constante e os terremotos são frequentes. Foi depois de um terremoto, em 1789, que o lugar começou existir.

Mas não se assuste. Lá, o turista verá piscinas borbulhantes com água a mais de 100º graus e um geyser chamado Strokkur, que joga água a mais de 25 metros de altura. É um espetáculo da natureza sem igual.

Terceira parada: Gullfoss, a cascata dourada 

A região da cachoeira dourada parece cenário de filme. Considerada a maior cachoeira da Europa, ela fica há 10 km do Parque Geotermal. Tem 32 metros de altura e 70 metros de largura, por onde perpassam as águas límpidas do rio Hvítá, proveniente do glaciar Langjökull.

Como um cenário de filme, a cascata dourada Gullfoss se consagra como uma das maiores do mundo

Praia aquecida da Islândia

Visitar Nauthólsvík, a praia artificial e aquecida em Reykjavík, é um dos pontos quase obrigatórios para o turista. O local foi construído em 2000. Bem perto da areia, a água trazida do mar é aquecida a 37° C e é o lugar preferido dos islandeses para pegar um sol e deixar seus filhos se divertirem. É uma parada perfeita para se divertir em família!

mapa da islândia

Nauthólsvík, a praia ideal para desfrutar águas aquecidas do mar

Eyjafjallajökull, um vulcão em meio às geleiras em Skógar

Quase impronunciável a nós, o nome do vulcão é formado pela junção de três palavras que significam “geleira no topo das montanhas”. O lugar entrou em erupção em 2012 e causou muito transtorno para os islandeses que ali moravam na época. Porém, atualmente o turista pode passar por um dos principais pontos turísticos da Islândia, a queda de água Skógafoss. É possível subir uma escada de 350 degraus e se aventurar em uma trilha, que durará cerca de três horas, até as geleiras e montanhas.

Então, aqui fica nossa dica: prepare o equipamento de segurança – capacete, prego para sapato e um machado -, separe uma garrafa d’água e aperte o play para a diversão!

mapa da islândia

Não deixe de se encantar com a queda de água Skógafoss

Geleira de Langjökull

Já pensou em visitar a maior caverna de gelo construída pelo homem? O destino é um labirinto de gelo com paredes azuladas onde cada lugar esconde um mistério. A caverna demorou quatro anos para ficar pronta e a temperatura lá dentro é sempre a mesma: zero grau.

Todo verão a geleira gigantesca derrete um pouco. Não se sabe quanto tempo ela vai permanecer ali… Então, é o momento de dar um “check” em mais um destino pelo mapa da Islândia antes que seja tarde!

Impossível não apreciar a maior caverna de gelo construída pelo homem

Reynisfjara, a praia de areias negras da Islândia

Bem diferente das praias brasileiras, esse ponto turístico da Islândia fica a 20 minutinhos da capital. No local, o turista encontra pedras que fazem parte de uma lenda islandesa da Idade Média. Conta-se que as colunas de basalto na verdade são “trolls”, figuras semelhantes a ogros, que tentavam capturar os navios que por ali chegavam; e, então, de repente foram transformados em pedras durante um rápido amanhecer.

Conhecida também por suas ondas gigantes, a praia de areia negra (proveniente de vulcões) contempla uma caverna esplendorosa. O local foi ainda usado para filmagem do filme “Noé”, e é muito famoso por ser inspiração para vários projetos de arquitetura de igrejas protestantes que tem em Reykjavik.

Já imaginou uma praia de areia negra? Pois assim é Reynisfjara, na Islândia!

Siglufjórdur, a cidade dos duendes

Para os islandeses, os duendes são seres sagrados e impossíveis de serem vistos ao olho humano. De acordo com esta crença, eles vivem em maior número do que toda a população da Islândia.

E, então, há um lugar na Islândia onde muitos duendes já foram vistos: Siglufjórdur. Por isso, o prefeito dessa cidade tombou uma pedra histórica para homenageá-los. Ninguém pode mexer e construir nada ao redor dela.

O mesmo acontece com muitas estradas na Islândia. O governo faz longos desvios nos caminho, para não deslocar os supostos seres místicos. É um banho de cultura local, vale a pensa conhecer!

Na Islândia, os duendes são sagrados: para isso, há um município dedicado a eles

É hora de conhecer o mapa da Islândia ao vivo e a cores

Ao saber de todos estes pontos incríveis, tenho certeza de que você, assim como eu, deve ter se deslumbrado. Fica difícil não se imaginar em cada um destes locais, não é mesmo?

Para isso, te convido a viajar, junto à Ativa Turismo, para conhecer o mapa da Islândia da melhor forma: vivendo experiências! Entre em contato conosco para transformarmos este seu sonho em realidade: