Indonésia: o maior e mais extraordinário arquipélago do mundo.

Blog Ativa_Indonésia_photoby_Jorge_Dalmau_Pablo_Dlamau

Belezas naturais exóticas, povo cativante e até dragões são alguns dos moradores dessas ilhas.  

A Indonésia surpreende quem a visita, com seus inúmeros e exóticos atrativos que vão muito além da badalada Bali. O maior arquipélago do mundo, é dono de uma beleza natural tão diversa como as pessoas que ali vivem, e oferece grandes aventuras para famílias, casais, jovens e amantes da culinária e da natureza.

O arquipélago é composto por mais de 13.000 ilhas, das quais muitas ainda nem são habitadas. Localizada entre os oceanos Índico e Pacífico, e entre a Oceania e a Ásia, a República da Indonésia divide com a Tailândia, a Malásia e as Filipinas, as praias mais bonitas e exuberantes do planeta. E além das delas, é um destino perfeito para aumentar seu repertório cultural, com sua rica diversidade de templos antigos, música, danças, rituais e singular culinária local.

 

Jacarta, a capital.

Como toda grande metrópole, Jacarta tem um cotidiano agitado e por vezes caótico. Afinal, abriga em torno de 9 milhões de habitantes. Está localizada na costa norte da ilha de Java e guarda em seu centro financeiro-comercial, arranha-céus belíssimos com grandes empresas, shoppings de muita qualidade e hotéis com ótima infra-estrutura.

Para quem quiser conhecer um pouquinho da capital antes de se aventurar nas belezas naturais, uma ótima visita é ao Museu Nacional da Indonésia, popularmente conhecido como Elephant Building Museum, devido a estátua de um elefante que fica no pátio, logo na entrada do museu. Trata-se de um centro de visitação importante da cidade, que guarda relíquias arqueológicas, históricas e etnológicas.

Já para quem curte passeios à noite, a vida noturna agitada de Jacarta não deixa a desejar com muitos clubes, restaurantes e bares à disposição. As boas opções agradam a quem procura badalação e também para quem prefere uma noite mais tranquila, acompanhada de boa comida e bebida.

 

Ilha de Java, um presente para os aventureiros

Segunda maior ilha da Indonésia, é uma das regiões mais vulcânicas do mundo, fato que torna sua paisagem uma das mais especiais deste planeta. Mais ao sul da ilha, você poderá presenciar dramáticos cenários, compostos por vastas formações rochosas, que circundam os vulcões. Os destaques são, o Monte Semeru, com seus imponentes 3.676 metros de altura, o Monte Gede, o Monte Pangrango e o Monte Bromo.

Blog Ativa_Monte_Bromo_photoby_Abdul_Yunir_Via_Visualhunt

Monte Bromo –
photoby Abdul Yunir via Visualhunt

Caso você não tenha tempo para visitar tantas opções, ou prefira escolher uma única visita, nossa dica é o complexo vulcânico Kawah Ijen, que proporcionará um espetáculo único aos seus olhos. Sua lava exibe uma tonalidade azul cintilante, que principalmente ao anoitecer, impressiona pelo belíssimo balé de luzes neon.

Blog Ativa_Kawah_Ijen_photoby_Everyone_Sinks_Starco

Kawah Ijen –
photoby Everyone Sinks Starco

Esse fenômeno se dá pela reação química entre a lava e o enxofre. Na verdade, quando o Kawah entra em erupção, a sua substância é a mesma que em qualquer outro, com temperaturas entre 600º e 900º graus Celsius, densas e de cor alaranjada. Mas, quando em contato com o enxofre, substância também produzida pela natureza da região, ocorre uma queima do mesmo, surgindo essa coloração incrível de um azul intenso e quase luminoso.

Outro atrativo desse lugar encantado, é o Lago Ijen, considerado o lago mais ácido do mundo. Apesar dessa característica, sua coloração também azulada pela mineração do enxofre, encanta os olhos de quem o observa. Vale a apreciação.

Blog Ativa_Lake_Kawah_Ijen_photoby_Richard Liblanc_via_Visualhunt

Lake Kawah Ijen –
photoby Richard Liblanc via Visualhunt

Porém, os vulcões não são os únicos charmes dessa ilha. O Templo Borobudur, com seu título de Patrimônio Mundial pela UNESCO, contribui de maneira única para tornar sua experiência ainda mais incrível.

É o maior templo budista do mundo, surpreendendo pela localização, já que a presença da religião é mais marcante na China e na Tailândia. A monumental construção é um dos principais pontos turísticos da Indonésia, instalado em meio a uma belíssima floresta tropical.

Exibe um show de simetria e beleza em suas imponentes estruturas de pedra. Abriga uma área de 2.500 metros quadrados, sustentando 72 estupas, cada qual com uma estátua do Buda. Uma visita imperdível que alimenta os olhos e alma, com sua energia de paz e tranquilidade.

Blog Ativa_Templo_Borobudur_photoby_Xiquinho Silva_via_visualhunt

Templo Borobudur –
photoby Xiquinho Silva via Visualhunt

Uma dica importante é, durante a visita a este ou qualquer outro templo da região, utilizar o sarong – uma vestimenta típica utilizada por homens e mulheres, para cobrir as pernas. As mulheres, além do sarong, também precisam cobrir os ombros. Caso não tenha se preparado, fique tranquilo, pois próximo aos templos você sempre encontra um vendedor local oferecendo a bela peça.

 

Bali: charme praiano e cultura autêntica.

Blog Ativa_Bali_photoby_Michael_Matti_via_visualhunt

Bali – photoby Michael Matti via Visualhunt

Visitar Bali vai muito além de conhecer suas paradisíacas e relaxantes praias que atraem turistas do mundo todo. É estar em contato com a vibrante cena cultural da Indonésia, conhecer e se impressionar com a imensidão dos arrozais e entrar em contato com a história e espiritualidade desse povo contada em seus tantos templos.

Blog Ativa_Templo_Pura_Tirta_Empul_pohotby_Rai_19_via_visualhunt

Templo Pura Tirta Empul –
pohotby Rai 19 via Visualhunt

É na cidade de Ubud onde pulsam as tradições culturais, que você poderá visitar um movimentado centro com muitas lojinhas, galerias e mercados de artesanatos tradicionais. Um destaque da expressão artesanal é o Batik, tradicional técnica de tingimento e pintura em tecidos, que preserva a cor original do tecido escolhido, sem deixar de fazer belas intervenções figurativas que representam simbolismos da história e cotidiano desse povo.

Blog Ativa_Batik_photo_by_oh_sk_via_visualhunt

Batik –
photoby Oh Sk via Visualhunt

Outro fantástico atrativo de Ubud, para alimentar a alma dos amantes de cultura e arte, é o Agung Rai Museum of Art, museu dedicado à arte e cultura balinesas, como a arte Kamasan, estilo bem tradicional de pintura de Bali.

Fora do centro comercial, as paisagens verdes também são estonteantes, deixando qualquer visitante de queixo caído com a riqueza das belezas naturais. Para imergir ainda mais na cultura local, você poderá conhecer Kusamba, pequena aldeia de pescadores que também cultivam o sal, através de um tradicional processo, que passa de geração em geração. Essa visita é uma incrível oportunidade de interação e aprendizado.

Blog Ativa_Kusamba_photo_by_JoanPau_via_visual_hunt

Kusamba –
photoby JoanPau via Visualhunt

Outro lugar peculiar para conhecer em Bali é a Goa Lawah, a Gruta dos Morcegos. Local considerado santo, conta com um templo e diversos santuários em seu entorno, protegendo sua entrada. O exótico aqui é a vibração que se pode sentir em suas paredes, devido a quantidade de morcegos que habitam a gruta.

Uma curiosidade é que Bali, especialmente Ubud, foi um dos cenários do filme “Comer, Rezar, Amar”, no qual a personagem Liz, interpretada por Julia Roberts, vive um período sabático viajando o mundo, e finalizando sua viagem justamente neste lugar paradisíaco e festivo, de gente hospitaleira e repleto de espiritualidade.

 

Agricultura como identidade cultural

Blog Ativa_Arrozais_photo_by_Pondspider_via_visualhunt

Arrozais –
photoby Pondspider via Visualhunt

Como parte da agricultura local e formando paisagens magníficas, os arrozais da Indonésia são a principal fonte de renda dessa nação. Com isso, o arroz acaba por ser a base da culinária balinesa e de todas as ilhas ao redor.

O alimento é tão importante para esse povo, que é parte importante de sua tradição cultural, e seu plantio e cultivo são ensinados por gerações, e têm uma relação especial com a religiosidade e filosofia de vida desse povo.

Para o cultivo, é usado um sistema próprio de irrigação chamado subak, o qual o solo está em camadas ou terraços, como se fossem escadarias, com espaços como tanques para que a água se acumule, porém descendo levemente do topo da colina até a área baixa.

Extremamente bem cuidados, vistos de longe, os arrozais formam magníficos cenários que impressionam os visitantes. Foram, inclusive, declarados Patrimônio Mundial da Humanidade, pela UNESCO.

 

Parque Nacional de Komodo, umas das 7 novas maravilhas do mundo

Blog Ativa_Komodo_photo_by_ChR!s H@rR!0t_via_visualhunt

Komodo – photoby ChR!s H@rR!0t via Visualhunt

Komodo é mais uma das ilhas da Indonésia com paisagens de tirar o fôlego. Um lugar para viver muitas aventuras, como caminhar por praias paradisíacas, cenários magníficos e o principal, conhecer seus mais famosos habitantes: os dragões de Komodo.

A ilha abriga o Parque Nacional, declarado Patrimônio Histórico e Reserva Biológica pela UNESCO, sendo moradia de cerca de 5.700 répteis dessa espécie, soltos por toda a região. Claro que o nome dragão pode aumentar um pouco as expectativas, mas a semelhança desses gigantescos e peculiares lagartos justifica o batismo.

E não pense que a chance de conhecer os maiores répteis vivos do mundo é a única atração da ilha. Komodo ainda guarda muitas outras belezas naturais, que podem ser apreciadas em caminhadas por picos exuberantes, através de mergulhos por entre corais lindíssimos e charmosos passeios de barco.

A Indonésia fascina com sua rica diversidade de templos antigos, música, danças, rituais e exótica culinária local. Além de te presentear, em todos os lugares, com o acolhimento de um povo cordial, amável e hospitaleiro.

Uma terra sempre intrigante, sempre intoxicante – onde a beleza natural é tão diversa como as pessoas que nela vivem – oferece grandes aventuras para famílias, casais, jovens, amantes da culinária e da natureza. Se você está encantado e louco para conhecer essas ilhas, a Ativa Turismo pode levar você e sua família para esse paraíso.

Ativa | Fale com a gente e faça sua viagem.