Bélgica, o centro da Europa ocidental.

Blog Ativa Turismo | Bélgica

Uma opção ainda pouco procurada, que reina na alta gastronomia, na confeitaria, na comida de rua e no vibrante cenário cultural.

Discretamente posicionada ao centro ocidental do continente europeu, e passando despercebida por muitos turistas que ainda desconhecem os tantos atrativos do país, está a Bélgica, repleta de experiências encantadoras, só esperando para serem desfrutadas.

Sua importância destaca-se na Europa, abrigando a sede da União Européia e de importantes organizações internacionais, como por exemplo a OTAN. É dona de uma notável diversidade cultural, resultante de influências francesas e holandesas, que se apresentam de uma forma peculiarmente organizada, divididas em duas regiões – Flanders (língua holandesa) ao norte, e Valônia (língua francesa) ao sul.

O mais importante é que, seja qual for seu roteiro, você estará rodeado de belos cenários medievais, charmosos canais e jardins, maravilhosas coleções de arte e oportunidades de fazer um verdadeiro carinho ao seu paladar, saboreando os melhores chocolates do mundo, as melhores cervejas do mundo, entre outras delícias inesquecíveis.

O norte holandês

Não se engane com a singela proporção do território belga. Mesmo com uma extensão territorial discreta, os atrativos são inúmeros e a possibilidade de conhecê-los é muito facilitada pela excelente estrutura do país. A malha ferroviária, por exemplo, é muito ampla e há estações de trem em quase todas as cidades.

Começando pela região de Flanders, a cidade que se destaca é a Antuérpia. A energia que paira sobre ela é uma delícia. É animada e dona de uma vida noturna bastante agitada, com ótimos bares e restaurantes. Também leva o título de capital belga da moda e oferece ótimas opções para compras. Numa de suas principais ruas, Meir, você encontrará desde lojas de grife como lojas menores, cheias de personalidade. Se estiver passeando por lá, não deixe de fazer uma pausa nas comprinhas para saborear um famoso waffle. Certamente, você não irá se arrepender.

Blog Ativa_Antuerpia_Estacao_Central_photoby_squawkr_by_visualhunt

Antuerpia Estação Central –
photoby Squawkr by Visualhunt

Para encher os olhos, os amantes de arquitetura e história devem visitar seu centro histórico. Abriga belíssimas construções e tem um gracioso equilíbrio entre o moderno e o tradicional. Uma das construções mais belas é a Estação Central. A estação de trem já figurou em rankings como a mais bela do mundo.

Bruges

Blog Ativa_Bruges_photoby_Michael.Camilleri_by_visualhunt

Bruges –
photoby Michael.Camilleri by Visualhunt

Principal cidade do nordeste da Bélgica, Bruges é considerada a Veneza belga, já que é contornada por charmosos canais, onde você poderá curtir tranquilos passeios de barco. É uma pequena cidade turística, que chama atenção pela sua excelente preservação e por tanta bagagem histórica.

Seu centro histórico é considerado Patrimônio da Humanidade pela UNESCO, abrigando belíssimas e imponentes construções medievais que encantam seus visitantes. É um lugar perfeito para passear calmamente a pé, já que é fechado para carros.

Blog Ativa_Bruges_Grote_Markt_photoby_Nine LaMaitre_by_visualhunt

Grote Markt –
photoby Nine LaMaitre by Visualhunt

O Grote Markt (Grande Mercado), localizado no centro da cidade, já dá o tom das belezas que virão. Trata-se de uma praça que concentra alguns dos prédios mais importantes de Bruges, com destaque para o Campanário de Bruges, também conhecido como Campanário Belfort. A torre medieval se destaca no cenário, com seus imponentes 83 metros de altura e, para quem encara sua escadaria, com 336 degraus, é presenteado com uma vista única da cidade e seus arredores.

Blog Ativa_Bruges_Campanario_Belfort_photoby_Jim Linwood_by_visualhunt

Campanario Belfort –
photoby Jim Linwood by Visualhunt

Outro ponto de grande destaque, principalmente para peregrinos cristãos é a Basílica do Sangue Sagrado, igreja com construção datada do século XII. Além de possuir belíssima arquitetura, a basílica guarda uma valiosa relíquia: um frasco com o sangue de Jesus, preservado desde a sua crucificação. Todas as sexta-feiras, durante a realização da missa principal, a relíquia é posta à mostra aos fiéis.

Uma coisa é certa… independente de quais passeios você escolher, você estará cercado de boas opções para degustar o esplêndido chocolate belga, delícias regionais como os famosos mexilhões, preparados em diversas formas, sempre acompanhados pela mais querida bebida belga: a cerveja.

Bruxelas

Blog Ativa_Brussels_photoby_nan palmero _by_visualhunt

Rua em Bruxelas
photoby Nan Palmero by Visualhunt

 

Bem no centro do país, quase na divisa entre os dois grandes blocos Flanders e Valônia, está a capital belga com suas muitas tradições e línguas; a União Europeia e muitas outras organizações internacionais, estão sediadas nesta cidade multicultural, onde fala-se francês, holandês (flamengo) e inglês. E, por receber muitos turistas, Bruxelas impressiona pela quantidade de atrações interessantes e excelente infra-estrutura.

Reconhecida também por ser um destino gourmet, devido a sua alta gastronomia, confeitaria fina e pelas deliciosas cervejas artesanais, a cidade ainda inspirou movimentos de arte importantíssimos como o Art Noveau e o Surrealismo.

O ponto de maior destaque, que deve estar na sua lista, é a Grand Place. A belíssima praça central é rodeada por diversas construções que combinam vários estilos arquitetônicos. Considerada Patrimônio da Humanidade pela UNESCO, é o centro comercial de Bruxelas, onde passeiam diariamente milhares de belgas e turistas.

Blog Ativa_Brussels_Grand_Place_photoby_ChrisYunker_by_visualhunt

Grand Place, Bruxelas
photoby ChrisYunker by Visualhunt

O principal prédio da praça é a Prefeitura com seus imponentes 96 metros de altura, construído entre os anos de 1402 e 1455. Para os apreciadores de arquitetura, o Atomium irá impressionar por sua imponência e beleza artística. Idealizado para abrigar a Expo 58 – Feira Mundial de Bruxelas, deveria ser desfeito em 1958 mesmo, com o fim do evento. Porém, permanece até hoje, como um dos principais cartões postais da capital.

Blog Ativa_Brussels_Atomium_photoby_MGdesigner_by_visualhunt

Atomium –
photoby MGdesigner by Visualhunt

Visto de longe, a construção chama atenção pelo seu formato de átomo, feito de ferro com impressionantes 103 metros de altura. Cada esfera tem cerca de 18 metros de diâmetro, e são ligadas por tubos com cerca de 35 metros. Em seu interior é possível conhecer a estrutura, pelos elevadores centrais e também pelas escadas nos tubos. É um lugar onde você poderá visitar exposições temáticas ou mesmo curtir a vista panorâmica da região.

Além do Atomium, um monumento que rouba a cena e acabou virando um símbolo de Bruxelas, é o divertido Manneken Pis – famosa estátua de um menino urinando em uma fonte. Diferente do majestoso átomo, essa estátua tem singelos 50 centímetros, mas atrai visitantes do mundo todo.

Blog Ativa_Brussels_Manneken_Pis_photoby_aditya karnad_by_visualhunt

Manneken Pis 
photoby Aditya Karnad by Visualhunt

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Existem muitas lendas em torno de sua existência, o que torna tudo ainda mais peculiar. Uma delas diz que um menino ajudou a evitar um incêndio na cidade da forma como ele achou melhor, urinando nas chamas. Já outra diz que o filho de um nobre belga, saiu de uma procissão para urinar na parede da casa de uma bruxa, que, muito brava, o amaldiçoou, transformando-o em estátua.

Blog Ativa_Brussels_Manneken_Pis_photoby_Estonian Foreign Ministry _by_visualhunt

Manneken Pis, Bruxelas
photoby Estonian Foreign Ministry by Visualhunt

Um detalhe curioso é que durante alguma festividade ou data importante, a estátua é enfeitada com roupas e adereços especiais. O guarda-roupa, atualmente, conta mais de 800 looks.

O sul francês

Na região onde predomina o idioma francês também não faltam opções cheias de charme para compor sua visita à Bélgica. Uma cidade de grande destaque é Liège, terceira maior cidade do país. Está localizada no Vale do Rio Meuse, próximo às fronteiras com a Holanda e Alemanha. Fato que possibilita tranquilos passeios de barco, inclusive saindo do país, com destino até a Holanda, por exemplo.

Liège é uma cidade onde o cenário cultural é pulsante, com intensa atividade artística. Abriga diversos cinemas, galerias de arte, teatros como o famoso Théâtre de la Place, e também é uma visita imperdível para os amantes de música clássica, com sua Ópera Real da Valônia e Orquestra Filarmônica de Liège.  

Blog Ativa_Liege_photoby_peatc_by_visualhunt

Liege –
photoby Peatc by Visualhunt

Dentre as visitas imperdíveis, estão a Catedral de Liège (St. Paul), que impressiona com sua belíssima arquitetura e lindos vitrais. A catedral foi construída exatamente no mesmo local de sua antecessora, a Catedral de Liège (St. Lambert), destruída durante a Revolução Francesa; e um passeio um pouco diferente, no Archeoforum, um emblemático museu arqueológico, localizado abaixo da Praça Saint-Lambert, onde você aprenderá muito sobre as raízes da cidade num passeio subterrâneo, repleto de vestígios arqueológicos do período romano medieval.

Blog Ativa_Liege_Catedral_StPaul_photoby_twiga_swala_by_visualhunt

Catedral St. Paul –
photoby Twiga Swala by Visualhunt

Namur é uma outra cidade que se destaca na região da Valônia. Uma das cidades fortificadas da Bélgica, trata-se de um importante centro comercial. Seu grande destaque é a Citadelle, uma fortaleza construída no século XVI e já reconstruída algumas vezes. Além de passeios muito interessantes, inclusive subterrâneos, que contam muito da história local, a vista de Namur, do topo da fortaleza é única.

Blog Ativa_Namur_Citadelle_photoby_Flikkersteph_by_visualhunt

Namur Citadelle –
photoby Flikkersteph by Visualhunt

Cultura em quadrinhos

Uma das expressões artísticas mais peculiares da Bélgica fica por conta dos quadrinhos, arte sequencial que ganhou fama no país pela qualidade e primor no trabalho do belga Georges Prosper Remi, mais conhecido como Hergé, autor das aventuras vividas pelo jovem repórter viajante, Tintim.

O herói da série, Tintim tem como companheiro de viagem seu fiel cão de estimação, Milu, e juntos eles vão desvendando os mistérios em cada nova história.

Essa divertida história, que estimula o imaginário, marcou o mundo desde sua criação em 1929, colocando os quadrinhos belgas em lugar de destaque mundial e se tornando um símbolo do país. Existem muitas atrações relativas a essa temática em toda a Bélgica. E, para se aprofundar de forma divertida nesse conteúdo, uma visita no Hergé Museum não deve ficar de fora.

Blog Ativa_Herge_Museum_soham_pablo

Hergé Museum –
photoby Soham Pablo

Um destino ainda pouco procurado por brasileiros, singelo em suas proporções e localizado perto de outros gigantes da Europa, a Bélgica não deixa de surpreender. Apresenta dramáticos cenários medievais, românticos canais, arquitetura impressionante e muita história. De uma contribuição única para a história da arte, em diversas expressões, ainda nos presenteia com um verdadeiro show ao paladar, com seus chocolates confeccionados com perfeição, suas batatas e waffles com sabor único, e suas cervejas criteriosamente preparadas, em diversas variações, para agradar a todos paladares.  

Blog Ativa_Chocolates_Belga_dimitris_graffin

Chocolates Belga –
photoby Dimitris Graffin

Ficou entusiasmado por experimentar essas delícias direto da fonte? A Ativa Turismo pode proporcionar essa experiência.

Ativa | Fale com a gente e faça sua viagem.